Shortlink

continue votando em nossa enquete para deputado estadual termina amanhã 30 de abril

Visando às eleições de 2018, o blog está realizando a primeira enquete para deputado estadual na região do sertão pernambucano. O objetivo é para saber o que pensam e o que querem os sertanejos do Vale do São Francisco. Lembrando que é apenas uma simples coleta de opiniões de eleitores sem nenhum controle de amostra e sem a utilização de método científico para sua realização.

Os nomes apresentados para disputa no próximo ano são: Cristina Costa (PT), Lucas Ramos (PSB), Maria Elena (PSB), Odacy Amorim (PT), Orlando Tolentino (PMDB), Osório Siqueira (PSB), Ronaldo Silva (PSDB), Zé Neto (PSB) e Outros.

O término da votação será dia 30 de abril, e o resultado será divulgado amplamente nas redes sociais e rádios da região.

Blog do Banana

Shortlink

Em Pernambuco senadores se dividem na votação das reformas de Temer

Dos três senadores pernambucanos apenas o senador Humberto Costa (PT) deverá se posicionar contra as reformas trabalhista e previdenciária do governo Michel Temer.  Já os senadores Fernando Bezerra Coelho (PSB) e Armando Monteiro (PTB)  devem votar contra os direitos trabalhistas do brasileiros. O debate deve ser intenso no senado depois da aprovação da câmara

Blog do  Banana

Shortlink

Projeto Orla Nossa ganha reforço do Exército Brasileiro para revitalizar o Rio São Francisco em Petrolina

Militares vão apoiar ações de remoção das baronesas da orla da cidade.

Com o objetivo de revitalizar o Rio São Francisco em Petrolina, o projeto Orla Nossa acaba de ganhar um reforço importante. É que a partir do dia 02 de maio, soldados do 72º Batalhão de Infantaria Motorizado do Exército Brasileiro vão ajudar na remoção das baronesas presentes na margem fluvial da cidade. Com uma oferta maior de mão de obra qualificada e equipamentos adequados, os serviços devem ser executados com maior agilidade e eficiência. A ideia é que o trabalho seja realizado até a conclusão da atividade inserida no Programa de Recuperação de Área Degradada (PRAD) de responsabilidade da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA).

O apoio do Exército Brasileiro ao projeto Orla Nossa foi definido em reunião realizada na última terça-feira (25) na sede da Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Mobilidade de Petrolina, parceira do programa. Participaram do encontro o secretário Heitor Leite, o diretor-presidente da AMMA, Rafael Manoel de Oliveira Neto e o representante do 72º BIMtz, Capitão Queiroz. ORLA NOSSA Desde o dia 20 de março a Prefeitura de Petrolina realiza o projeto Orla Nossa. A proposta é revitalizar e preservar o ecossistema do Rio São Francisco. Além da remoção de cerca de 3.500 toneladas de baronesas e resíduos, estão sendo eliminados pontos de despejo de esgoto, assim como está sendo feita a retirada de sedimentos das margens do rio. Um trabalho de oxigenação da água também será realizado. O programa é resultado da parceria entre a AMMA, SEINFRAHM, Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS) e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE).

Blog do Banana

Shortlink

“Protestar não é grave, grave é desconhecer o direito do povo brasileiro”, disse Odacy Amorim

O deputado estadual Odacy Amorim (PT-PE) participou na manhã desta sexta-feira (28) em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, da manifestação que culminou com um dia de parada geral em todo Brasil. Centenas de pessoas saíram pelas ruas da Terra dos Impossíveis, em direção a ponte Presidente Dutra, que ligas as cidades de Juazeiro (BA) e Petrolina (PE), manifestantes protestavam contra as reformas: trabalhista e previdenciária, impostas pelo governo federal.

O parlamentar destacou que embora não costume participar sempre de protestos que interditam a ponte, o ato desta sexta simboliza a luta pela manutenção dos direitos adquiridos do povo brasileiro.

“hoje estou aqui na ponte porque é uma parada geral, um dia de alerta, e acredito que essa mobilização não é grave, grave é o que tem acontecido com pessoas que foram votadas dentro de uma linha política, e que estão deixando de reconhecer o direito do povo no Congresso Nacional”, pontuou. Continue lendo

Shortlink

Prefeita de Santa Cruz dribla crise e vai renovar parte da frota da prefeitura e intensificar a perfuração de poços

Enquanto muitos municípios de Araripe estão com salários de servidores atrasados e com muitas dificuldades para tocar a gestão, a prefeita de Santa Cruz, Eliane Soares (PR),  dribla a crise  e anunciou hoje na rádio comunitária da cidade a entrega de caçambas, tratores de pneus e até uma retro escavadeira que se encontrava paralisada desde da gestão passada  além da  perfuração de 30  poços para fortalecer a segurança hídrica na zona rural.

A entrega dos equipamentos será realizada no próximo dia 30 de maio, durante a “Festa dos Vaqueiros e Trapeiros” da cidade, com a presença de vários agricultores, presidentes de associações, dos deputados Lucas Ramos e Sebastião Oliveira juntamente com secretário de agricultura Nilton Mota. “Nós estamos muito confiantes na gestão de Eliane, ela então pouco tempo está recolocando o nosso munícipio no rumo certo”. Comentou o presidente de uma associação sobre o desempenho da gestão.

A prefeita que já vem superando as expectativas da população em seu novo mandato se diz feliz com as chegadas dos equipamentos. “Nossa missão é sempre fortalecer e melhorar a vida dos menos favorecidos e estou muito feliz em poder trabalhar ao lado de uma equipe muito competente e comprometida com o nosso povo” Finalizou

Blog do Banana

Shortlink

CAMPANHA PELO USO RACIONAL DE MEDICAMENTOS – UNIVASF

No dia 05 de maio de 2017, das 9h às 16h, acontecerá na Praça do Bambuzinho em Petrolina e na Praça do Paço Municipal em Juazeiro a Campanha pelo o
Uso Racional de Medicamentos. A Campanha será realizada pelo Centro de Informação sobre Medicamentos, Núcleo de Assistência Farmacêutica e
Colegiado de Farmácia da Universidade Federal do Vales do São Francisco.

Além dos estudantes, professores e profissionais de Farmácia participarão profissionais e estudantes dos cursos de Enfermagem, Medicina e Psicologia
da UNIVASF. Continue lendo

Shortlink

Mídia global destaca a greve geral que os nacionais esconderam

A greve geral contra as reformas da Previdência e trabalhista ganhou destaque em muitos dos principais veículos da mídia internacional. Os jornais, El País, Clarín, BBC, The Wall Street Journal e Deusth Welle destacaram a paralisação em suas páginas na internet.

Para o espanhol El País, a greve geral convocada pelas centrais sindicais e movimentos populares representa um desafio para o governo Michel Temer. “Os sindicatos decidiram desafiar (o presidente Michel Temer) nas ruas e nesta sexta-feira o submetem a uma prova de fogo com a convocação de uma greve geral que encontrou apoio inesperado além das tradicionais alas da esquerda”, diz o texto do jornal. Para o veículo, a paralisação pode ser vista como “um exame decisivo que pode marcar o futuro do presidente”.

O argentino El Clarín observa que esta é a “primeira greve geral no Brasil em 21 anos”. O periódico também relatou a ocorrência de confrontos em diversos locais, como o registrado nas imediações do Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, quando manifestantes entraram em conflito com policiais militares. Continue lendo

Shortlink

Governo “Novo Tempo” avança com retirada de baronesas e revitaliza margens do rio São Francisco

Depois de quase uma década de espera, a gestão do “Novo Tempo” do prefeito Miguel Coelho (PSB) está agilizando a retirada das baronesas do leito e das margens Rio São Francisco. A gestão está executando um plano de manejo elaborado pela AMMA (Agência Municipal de Meio Ambiente) que também tem como finalidade erradicar todas as algarobeiras.

A ação de retiradas das baronesas só está sendo possível porque a COMPESA está ligando as redes de esgotos de alguns prédios e residências que estavam desaguando seus dejetos no canal de água fluvial da Orla, que ocasionava a proliferação das espécies invasoras. Sabe-se que a espécie tem a função de absorver e acumular poluentes, filtrando a água contaminada. De nada adianta a sua retirada se os esgotos sem tratamentos continuarem sendo despejados nas margens do rio, pois ela possui rápida facilidade em se restabelecer.

Blog do Banana

Shortlink

Contrariando o Ministério Público, juiz pede arquivamento de processo contra Miguel Coelho

O juiz Sydnei Alves determinou o arquivamento do processo movido pelo deputado estadual Odacy Amorim  que pedia a casação do atual prefeito de Petrolina Miguel Coelho. A decisão foi emitida mesmo depois que Ministério Publico pediu a cassação de Miguel, na noite desta quinta-feira,  foi considerada não legal e  improcedente a suspeita de abuso de poder  econômico da chapa capitaneada pelo Partido Socialista Brasileiro, no último pleito eleitoral, no município Petrolina.

A decisão judicial foi encarada de forma tranquila pelo prefeito Miguel Coelho. “Recebo essa notícia da mesma maneira de quando fui informado sobre a tentativa da oposição de desrespeitar o resultado das urnas, com serenidade e a certeza da plena legalidade de nosso trabalho. Ao contrário do ex-candidato da oposição, nossas contas foram aprovadas. Isso já evidenciava que nossa caminhada foi limpa e justa. Espero que agora respeite-se não só a decisão sagrada do povo mas também o parecer da Justiça”, ressaltou o prefeito de Petrolina.

Miguel Coelho foi eleito no ano passado com mais de 60 mil votos o que representa apenas 38% do eleitorado. Apesar da chapa do socialista ter as contas aprovadas pela Justiça Eleitoral, o candidato  do PT, Odacy Amorim, moveu ação para corrigir  os erros impetrados pela TV Grande Rio ligada  a família do prefeito que suprimiu as chamadas  dos aniversários ocasionado um grande prejuízo e beneficiando  o atual prefeito da capital do Sertão do São Francisco.

Assessoria de Miguel Coelho – Prefeito de Petrolina

Shortlink

Caçamba carregada com paralelepípedos vira na BR 428

No início da tarde desta sexta (28), uma caçamba carregada de paralelepípedos virou em plena BR 428, nas proximidades da  entrada de Petrolina.  No momento, o trânsito no local do acidente está lento.

Blog do Banana

Shortlink

Movimento reúne cerca de 20 mil pessoas na Ponte Presidente Dutra contra as reformas trabalhista e previdenciária de Temer

Trabalhadores de vários seguimentos da sociedade do sertão pernambucano e baiano participaram das manifestações contra as reformas trabalhista e previdenciária. Cerca de 20 mil pessoas de Petrolina, Juazeiro e cidade do sertão, interditaram a Ponte Presidente Dutra em protesto contra o governo de Michel Temer e seus aliados na manhã de hoje (28). Os manifestantes pediram o fim do governo golpista e eleições diretas para presidente da república. Além disso, pediram o fim dos privilégios dos políticos e que nem um direto a menos seja retirado dos trabalhadores.

O evento foi conduzido de forma pacífica e teve o apoio da sociedade da região.

Blog do Banana

Shortlink

Aprocesf faz balanço positivo do 29º Seminário Nacional de Cebola e 20º Seminário de Cebola do Mercosul

Uma visita de campo à área irrigada do Projeto Salitre, na manhã desta sexta-feira (28), marcou em Juazeiro – BA, o encerramento do 29º Seminário Nacional de Cebola e 20º Seminário de Cebola do Mercosul. O evento, que reuniu produtores, estudantes, pesquisadores, professores e especialistas de vários estados brasileiros e de países como Argentina, Chile e Uruguai, foi considerado um sucesso pelos realizadores (Associação dos Produtores de Cebola do Médio São Francisco (Aprocesf), Associação Nacional dos Produtores de Cebola (Anace) e a Embrapa.

De acordo com o presidente dos seminários, Pedro Cavalcante, o encontro que começou na última quarta-feira (26), no Complexo Multieventos da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), obteve pleno êxito com o público que superou as expectativas, a qualidade dos palestrantes e a diversidade de temas apresentados. “Tivemos mais de 600 participantes debatendo temas como mercado, produtividade, melhoramento genético e sustentabilidade da cadeia produtiva da cebola. Foram momentos extremamente ricos com 12 palestras, um painel, visita de campo e a assembleia geral da Anace, onde escolhemos o novo presidente da entidade”, completou. Continue lendo

Shortlink

Temer faz desemprego chegar a 14,2 milhões de pessoas

A taxa de desemprego no Brasil ficou em 13,7 por cento nos três meses até março, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira.

A mediana das previsões em pesquisa da Reuters era de que a taxa ficaria em 13,7 por cento por cento no período.

Leia o material divulgado pelo IBGE sobre o assunto:

PNAD Contínua: taxa de desocupação vai a 13,7% no trimestre encerrado em março de 2017

Indicador / Período Jan – Fev – Mar
2017
Out – Nov – Dez
2016
Jan – Fev – Mar
2016
Taxa de desocupação
13,7%
12,0%
10,9%
Rendimento real habitual
R$ 2.110
R$$ 2.064
R$ 2.059
Valor do rendimento real habitual em relação a:
estável
estável

taxa de desocupação foi estimada em 13,7% no trimestre janeiro / março de 2017, com altas de 1,7 ponto percentual frente ao trimestre outubro / dezembro de 2016 (12,0%) e de 2,8 pontos percentuais em relação ao mesmo trimestre móvel de 2016 (10,9%). Essa foi a maior taxa de desocupação da série histórica, iniciada no primeiro trimestre de em 2012.

população desocupada chegou a 14,2 milhões e bateu o recorde da série histórica. Este contingente cresceu 14,9% (mais 1,8 milhão de pessoas) frente ao trimestre anterior e 27,8% (mais 3,1 milhões de pessoas em busca de trabalho) em relação ao mesmo trimestre de 2016.

população ocupada (88,9 milhões) recuou em relação ao trimestre anterior (-1,5%, ou menos 1,3 milhão de pessoas) e também em relação ao mesmo trimestre de 2016
(-1,9%, ou menos 1,7 milhão de pessoas). Esse foi o menor contingente de pessoas ocupadas desde o trimestre fevereiro / abril de 2012.

nível da ocupação (percentual de pessoas ocupadas na população em idade de trabalhar) recuou para 53,1% no trimestre de janeiro a março de 2017, com queda de 0,9 ponto percentual frente ao nível do trimestre anterior (54,0%). Em relação ao nível do mesmo trimestre de 2016 (54,7%), houve retração de 1,7 ponto percentual. Este foi o menor nível da ocupação da série histórica da pesquisa.

O número de empregados com carteira de trabalho assinada (33,4 milhões de pessoas) recuou em ambos os períodos de comparação: frente ao trimestre outubro / dezembro de 2016 (-1,8% ou menos 599 mil pessoas) e ao trimestre janeiro / março de 2016 (-3,5% ou menos 1,2 milhão de pessoas). Este foi o menor contingente de trabalhadores com carteira assinada já observado na série histórica da pesquisa.

rendimento médio real habitual (R$ 2.110) no trimestre encerrado em março de 2017 manteve estabilidade frente ao trimestre anterior (R$ 2.064) e, também, em relação ao mesmo trimestre de 2016 (R$ 2.059). A massa de rendimento real habitual (R$ 182,9 bilhões) no trimestre encerrado em março de 2017 também ficou estável nas duas comparações.

Quadro 1 – Taxa de Desocupação – Brasil – 2012/2017

Trimestre móvel 2012 2013 2014 2015 2016 2017
nov-dez-jan
7,2
6,4
6,8
9,5
12,6
dez-jan-fev
7,7
6,8
7,4
10,2
13,2
jan-fev-mar
7,9
8,0
7,2
7,9
10,9
13,7
fev-mar-abr
7,8
7,8
7,1
8,0
11,2
mar-abr-mai
7,6
7,6
7,0
8,1
11,2
abr-mai-jun
7,5
7,4
6,8
8,3
11,3
mai-jun-jul
7,4
7,3
6,9
8,6
11,6
jun-jul-ago
7,3
7,1
6,9
8,7
11,8
jul-ago-set
7,1
6,9
6,8
8,9
11,8
10°
ago-set-out
6,9
6,7
6,6
8,9
11,8
11°
set-out-nov
6,8
6,5
6,5
9,0
11,9
12°
out-nov-dez
6,9
6,2
6,5
9,0
12,0
Fonte: IBGE, Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua

No trimestre janeiro / março de 2017, havia aproximadamente 14,2 milhões de pessoas desocupadas no Brasil. Este contingente apresentou crescimento de 14,9% frente ao trimestre de outubro a dezembro de 2016, quando a desocupação foi estimada em 12,3 milhões de pessoas. No confronto com igual trimestre de 2016 esta estimativa subiu 27,8%, significando um adicional de 3,1 milhões de pessoas desocupadas na força de trabalho.

O contingente de pessoas ocupadas foi estimado em 88,9 milhões no trimestre janeiro / março de 2017. Esse foi o menor número de pessoas ocupadas registrado pela PNAD Contínua desde o trimestre fevereiro / abril de 2012, observando-se que os dados da pesquisa não são dessazonalizados. O número de pessoas trabalhando recuou tanto em relação ao trimestre anterior (- 1,5%, ou menos 1,3 milhão de pessoas), quanto em relação ao mesmo trimestre do ano anterior (-1,9%, ou redução de 1,7 milhão de pessoas).

nível da ocupação (percentual de pessoas ocupadas na população em idade de trabalhar) foi estimado em 53,1% no trimestre de janeiro a março de 2017, apresentando queda de 0,9 ponto percentual frente ao trimestre de outubro a dezembro de 2016, (54,0%). Em relação a igual trimestre do ano anterior este indicador apresentou retração de 1,7 ponto percentual, quando recuou de 54,7% para 53,1%. Ressaltamos que este foi o menor nível da ocupação observado desde o início da série da pesquisa.

Quadro 2 – Nível da Ocupação – Brasil – 2012/2017

Trimestre móvel 2012 2013 2014 2015 2016 2017
nov-dez-jan
56,8
57,1
56,7
55,5
53,7
dez-jan-fev
56,5
57,0
56,4
55,1
53,4
jan-fev-mar
56,3
56,3
56,8
56,2
54,7
53,1
fev-mar-abr
56,7
56,5
56,8
56,3
54,6
mar-abr-mai
57,0
56,8
56,8
56,2
54,7
abr-mai-jun
57,1
56,9
56,9
56,2
54,6
mai-jun-jul
57,0
57,0
56,8
56,1
54,4
jun-jul-ago
57,1
57,0
56,7
56,0
54,2
jul-ago-set
57,2
57,1
56,8
56,0
54,0
10°
ago-set-out
57,2
57,1
56,9
56,1
53,9
11°
set-out-nov
57,2
57,3
56,9
55,9
54,1
12°
out-nov-dez
57,1
57,3
56,9
55,9
54,0
Fonte: IBGE, Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua

A força de trabalho, (pessoas ocupadas e desocupadas) no trimestre janeiro / março de 2017 foi estimada em 103,1 milhões de pessoas, a maior da série histórica da pesquisa. Esta população cresceu 0,5% comparada ao trimestre outubro / dezembro de 2016. Frente ao mesmo trimestre de 2016, houve alta de 1,4% (mais 1,4 milhão de pessoas). O crescimento da força de trabalho no Brasil se deve exclusivamente ao aumento da população desocupada.

O contingente fora da força de trabalho no trimestre janeiro / março de 2017 (64,4 milhões de pessoas) apresentou estabilidade em relação ao trimestre outubro / dezembro de 2016. Frente ao mesmo trimestre de 2016, houve alta de 0,9% (ou mais 574 mil pessoas).

O contingente de empregados no setor privado com carteira de trabalho assinada, estimado em 33,4 milhões de pessoas, reduziu-se em ambas as comparações: frente ao trimestre janeiro / março de 2016 (-1,8% ou menos 599 mil pessoas) e ao trimestre de janeiro / março de 2016 (-3,5% ou redução de 1,2 milhão de pessoas).

No período janeiro / março de 2017, a categorias dos empregados no setor privado sem carteira de trabalho assinada (10,2 milhões de pessoas) apresentou queda em relação ao trimestre anterior (-3,2%), mas cresceu 4,7% (ou mais 461 mil pessoas) em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

A categoria dos trabalhadores por conta própria (22,1 milhões de pessoas) registrou estabilidade em relação ao trimestre anterior (outubro a dezembro de 2016). Em relação ao mesmo período do ano anterior, houve queda (-4,6%, ou seja -1,1 milhão de pessoas).

O contingente de empregadores, estimado em 4,1 milhões de pessoas, mostrou-se estável frente ao trimestre imediatamente anterior. Em relação ao mesmo período do ano anterior, esse contingente registrou elevação de 10,8% (mais 403 mil pessoas).

A categoria dos trabalhadores domésticos, estimada em 6,1 milhões de pessoas, se manteve estável em ambos os trimestres comparativos.

A análise do contingente dos grupamentos de atividade, do trimestre janeiro / março de 2017, em relação ao trimestre outubro / dezembro de 2016, mostrou queda na Agricultura, Pecuária, Produção Florestal, Pesca e Agricultura (-2,7% ou -240 mil pessoas), Construção (-3,4% ou – 242 mil pessoas), Comércio, Reparação de Veículos Automotores e Motocicletas (-2,5% ou -438 mil pessoas) e Administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais (-3,1% ou -484 mil pessoas). Os grupamentos em alta foram: Alojamento e alimentação (3,4%, ou mais 165 mil pessoas) e Informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas (2,1% ou mais 201 mil pessoas). Os demais grupamentos ficaram estáveis.

Em relação ao trimestre janeiro / março de 2016 houve redução no contingente dos seguintes grupamentos: Construção (-9,5% ou -719 mil pessoas), Agricultura, Pecuária, Produção Florestal, Pesca e Agricultura (-8,0% ou -758 mil pessoas), Indústria Geral (-2,9% ou -342 mil pessoas) e Serviços domésticos (-2,9% ou -184 mil pessoas). Apenas o grupamento de Alojamento e Alimentação teve alta (11,0% ou mais 493 mil pessoas). Os demais grupamentos não apresentaram variação significativa.

rendimento médio real habitualmente recebido em todos os trabalhos pelas pessoas ocupadas foi estimado em R$ 2.110 no trimestre janeiro / março de 2017, registrando estabilidade frente ao trimestre outubro / dezembro de 2016 (R$ 2.064). Em relação ao mesmo trimestre do ano anterior (R$ 2.059) o quadro também foi de estabilidade.

Em relação ao trimestre anterior (outubro a dezembro de 2016), o rendimento médio real habitual teve alta para Empregados no setor público (1,9%) e para Trabalhadores Domésticos(1,7%). Em relação ao mesmo trimestre de 2016 (janeiro / março de 2016) apenas os Empregados no setor público apresentaram variação positiva (4,3%). Nas demais posições registrou-se estabilidade nos períodos analisados.

Em relação ao trimestre outubro / dezembro de 2016, três grupamentos de atividade apresentaram variações estatisticamente significativas: Indústria Geral (3,4%), Administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais (2,3%) e Serviços domésticos (1,7%). Os demais grupamentos ficaram estáveis. Frente ao trimestre janeiro / março de 2016, dois grupamentos apresentaram alta no rendimento: Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura (7,3%) e Administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais (3,4%). Os demais grupamentos se mantiveram estáveis.

No trimestre janeiro / março de 2017, a massa de rendimento real habitualmente recebido em todos os trabalhos foi estimada em R$ 182,9 bilhões, ficando estável em ambas as comparações. (247)

Blog do Banana

Continue lendo

Shortlink

Último dia para declarar o IRPF 2017: tudo o que você precisa saber

imagemApesar dos especialistas não recomendarem que o contribuinte deixe para declarar o imposto de renda de última hora, o fato é que pelo menos 4,9 milhões de pessoas ainda não tinham prestado contas para a Receita Federal até ontem. Se você está entre elas, é bom lembrar que a contagem regressiva se encerra às 23h59 desta sexta-feira, mas cuidado para a correria não gerar erros. Último dia também é momento de se informar.

Confirme a situação e reúna os documentos

Ainda é tempo de confirmar se você realmente precisa declarar o Imposto de Renda. Confira aqui o passo a passo da declaração. A declaração é obrigatória para quem recebeu rendimentos acima de R$ 28.559,70 no ano passado. Também precisa declarar imposto quem recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40 mil. Quem obteve, em qualquer mês do ano passado, ganho de capital na alienação de bens ou direitos sujeito à incidência do imposto ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias e de futuros. Quem não enviar a declaração do IRPF 2017 no prazo está sujeito ao pagamento de multa, que varia de R$ 165,74 até 20% sobre o valor do imposto devido. Continue lendo

Shortlink

Movimento Sindical Rural na Greve Geral

A Fetape (Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado de Pernambuco), a Fetaepe (Federação dos Trabalhadores Assalariados e Assalariadas Rurais de Pernambuco) e os seus Sindicatos Filiados acreditam que a Greve Geral desta sexta-feira (28) é um momento fundamental para que a sociedade brasileira possa demonstrar o seu repúdio às propostas arbitrárias que o (des)governo Temer vem apresentando e também às últimas votações na Câmara, que sinalizam para um verdadeiro pacto em prol da retirada de direitos da classe trabalhadora. Diante desse cenário inaceitável, de ameaças constantes, se unem à CUT e às demais centrais sindicais do país, fazendo ecoar esse grito contra as reformas da Previdência e Trabalhista e a Lei de Terceirização sancionada pelo presidente.

Fotos das Mobilizações que contam com a presença do Movimento Sindical Rural

#GreveGeral - Polo Agreste Setentrional da Fetape fecha PE90   2

Ascom

Blog do Banana

Shortlink

Reajuste dos combustíveis chega aos postos de Petrolina

Em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, o motorista que abastece o veículo com diesel percebeu que o litro do combustível está mais caro. A Petrobras anunciou na última sexta-feira (21) um reajuste de 4,3% no preço do diesel e 2,2% no valor da gasolina nas refinarias.

O comerciante Mauro dos Santos não encheu o tanque do carro, porque encontrou o combustível mais caro. Em um posto na BR-428, o diesel s10 passou de R$3,05 para R$3,15. O reajuste aconteceu nesta última terça-feira (25). “Principalmente a gente que roda muito e que tem roça e que tem que andar muito. Um aumento desse nessas alturas, na crise que dá, dificulta muito”.

Já o diesel comum está custando R$3,05. O aumento foi de R$0,10 centavos. A boa notícia é que a gasolina ainda não sofreu reajuste, um alívio para muitos motoristas. “Com certeza, no dia a dia, o que a gente gasta por mês faz uma grande diferença em tanto”, declara a pedagoga Jamile Rose Rodrigues.

Em um posto de combustíveis na BR-428 não houve aumento no preço da gasolina para o consumidor. Houve um pequeno reajuste para o revendedor, mas que não foi repassado para as bombas. O litro continua custando R$3,79.

O diesel comum no posto passou de R$2,95 para R$3,04. Já o litro do diesel s10 que custava R$3,05 agora sai por R$3,74. Mesmo não usando esse combustível, a professora Gisele Soares não ficou contente com o aumento e teme um possível reajuste da gasolina.”Está sempre tendo aumento. Então infelizmente a gente tem que estar, é complicado ficar botando gasolina”. (G1)

Blog do Banana

Continue lendo

Shortlink

Manifestantes bloqueiam vias importantes do país na greve geral

Manifestantes bloquearam importantes vias de diversas cidades do país, incluindo acessos a aeroportos e ao porto de Santos, no início da manhã desta sexta-feira, como parte de uma greve geral convocada por movimentos sindicais em protesto contra reformas consideradas prioritárias pelo governo do presidente Michel Temer.

A avenida 23 de Maio, no centro de São Paulo, foi uma das diversas vias fechadas na capital paulista com barricadas em chamas, e manifestantes também bloquearam temporariamente uma rodovia de acesso ao porto de Santos, o maior do país, em Cubatão, de acordo com imagens de televisão. Policiais foram acionados para tentar liberar as vias. Ainda no centro da capital paulista, houve bloqueio na avenida São João com a Ipiranga, e a tropa de choque foi mobilizada ao local.

No Rio de Janeiro, houve protestos no acesso ao aeroporto Santos Dumont e alguns passageiros tiveram que descer de carros e táxis e seguir a pé para tentar chegar a tempo ao terminal no centro da cidade. Manifestantes também bloquearam a Ponte Rio-Niterói logo cedo nos dois sentidos, assim como diversas outras vias importantes. Continue lendo

Shortlink

Ibope inteligência: potencial de voto em lula aumenta; rejeição a tucanos também

O IBOPE Inteligência perguntou aos brasileiros o potencial de voto e a rejeição dos possíveis pré-candidatos à presidência da República nas eleições de 2018. Dentre os nomes pesquisados, o ex-presidente é o que possui o maior potencial de votos.

Lula tem, hoje, um potencial de voto de 47% dos eleitores brasileiros: 30% dizem que votariam com certeza – o maior dentre todos os nomes pesquisados – e 17% declaram que poderiam votar nele para presidente em 2018. Na sequência, aparecem Marina Silva com 33% (9% com certeza votariam e 24% poderiam votar), José Serra com 25% (7% e 18%), Geraldo Alckmin com 22% (7% e 15%), Aécio Neves também com 22% (6% e 16%), Joaquim Barbosa com 24% (12% e 12%), Ciro Gomes com 18% (5% e 13%), Bolsonaro com 17% (8% e 9%) e João Doria com 16% (6% e 10%).

Já no outro lado, o da rejeição, três nomes do PSDB aparecem à frente do ex-presidente. Aécio Neves é, dentre os nomes testados, o que tem a maior rejeição dos entrevistados: 62% não votariam nele de jeito nenhum para presidente da República em 2018. O segundo mais rejeitado é José Serra, com 58%, seguido de Geraldo Alckmin (54%), Lula (51%), Marina (50%), Ciro Gomes (49%), Bolsonaro (42%), João Doria (36%) e Joaquim Barbosa (32%).

Em relação a abril do ano passado, quando essa pergunta também foi feita aos brasileiros, a rejeição ao ex-presidente diminuiu 14 pontos percentuais (de 65% para 51%), sendo a única que recuou no período. A rejeição aos demais nomes subiu. A rejeição de Aécio aumenta 9 pontos; a de Bolsonaro, oito; a de Marina, quatro. A rejeição de Serra, Ciro Gomes e a de Alckmin oscila 1 ponto para cima. Joaquim Barbosa e João Doria são testados pela primeira vez na pesquisa.

Os resultados aqui mencionados refletem a opinião da população neste momento e podem mudar ao longo do tempo de acordo com os fatos políticos que surgem, das candidaturas que serão oficializadas, bem como o desempenho e nível de conhecimento dos possíveis candidatos.

Sobre a pesquisa
A pesquisa ouviu 2.002 pessoas com 16 anos ou mais em 143 municípios, entre os dias 7 e 11 de abril. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. (247)

Blog do Banana

Shortlink

Ação do senador Fernando Bezerra e do ex-vereador Pérsio Antunes beneficia Campo Alegre de Lourdes

Campo Alegre de Lourdes é um município no extremo norte da Bahia. Com mais de 2.700 quilômetros de área territorial e em torno de 30 mil habitantes, calor o ano inteiro, Campo Alegre, já foi Peixe e Catita nos tempos em que era distrito de Remanso. Se não lhe faltavam nomes; nunca do agrado dos que lá nascem e vivem, sempre faltou água.

Ao longo de 70 anos, desde o reconhecimento como vila em 1938, inúmeros políticos faturaram votos e liderança com duas promessas básicas ao povo de Campo Alegre: Estrada e Água. Poucos levaram a sério as promessas, que apesar do esforço de alguns, nunca saíram do papel.

Esta realidade começou a mudar em 2012. Gean Antunes, Presidente da Associação Popular Campo Alegrense em Prol da Adutora do Rio São Francisco, com a colaboração dos Agentes Comunitários de Saúde, recolheu 7.649 assinaturas e, com o abaixo assinado em baixo dos braços, caminhou por todos os órgãos estaduais e federais reivindicando a construção da adutora a partir do Rio São Francisco, a menos de 100 quilômetros. Continue lendo

Shortlink

Moção de repúdio gera bate-boca entre vereadores Aero Sim e Paulo Valgueiro

Os vereadores Aero Sim (PSB) e Paulo Valgueiro (PMDB), líder da oposição, protagonizaram uma forte discussão na sessão itinerante no bairro Santa Luzia, Petrolina. O bate-boca iniciou quando o vereador Paulo Valgueiro apresentou uma moção de repúdio aos deputados federais que votaram a favor da reforma trabalhista, o que não foi bem digerida pelo vereador Aero Sim, que é da base governista.

Aero Sim, forte aliado do deputado federal e ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, que votou contra os trabalhadores na última quarta-feira (26), acusou Valgueiro de estar jogando a questão para a platéia. Parte do público presente promoveu vaias logo após o pronunciamento. “Presidente, uma questão de ordem! Hoje, estamos aqui para discutir os problemas do bairro e não discutir política partidária. Os vereadores da oposição ficam jogando para a plateia, como está fazendo o líder da oposição querendo tirar proveito da sessão itinerante”, comentou Aero.

Em seguida, o vereador Paulo Valgueiro reaplicou suas críticas aos parlamentares federais petrolinenses e do estado. “Nós não estamos aqui para jogar para plateia, precisamos nos mobilizar e dizer que o golpismo está instalado no Palácio do Planalto para retirar os direitos dos trabalhadores”, comentou.

Blog do Banana